participantes do desafio conexsus reunidos para uma foto
Impacto

Por trás do Desafio Conexsus

Organizações de base comunitária e o campo de negócios de impacto.

Com o desafio de desenvolver empreendimentos comunitários mais estruturados e rentáveis, com cadeias produtivas justas e sustentáveis, a Conexsus executa o Desafio Conexsus.

Mas, o que define empreendimentos comunitários, como funcionam as cadeias e qual o impacto de atuar com atividades econômicas de fora do campo da agricultura familiar e/ou agroextrativista?

Essas perguntas apontam a complexidade que este campo comporta.

Frequentemente, os processos vividos na produção e extração confundem-se com as histórias, preferências, referências culturais e demais atividades que fazem parte do conjunto identitário de determinada população.  

São estas complexidades, somadas à necessidade de observar as cooperativas e organizações associativistas como partes do campo de negócios de impacto, os motivadores para a criação de uma metodologia que apoiasse a aceleração dessas organizações.

Hoje, temos a oportunidade de testar esta metodologia no Programa de Aceleração da Conexsus, o Desafio Conexsus.

Mas, antes de entrar no programa, vamos responder as questões acima.

Negócios Comunitários Sustentáveis

Para que haja um melhor entendimento sobre o público ao qual o desafio é destinado, é necessário compreender quais conceitos estão inscritos na noção de Negócios Comunitários Sustentáveis.

Primeiramente, entende-se que em áreas rurais do Brasil, bem como regiões tipicamente florestais, existem comunidades e povos tradicionais que têm a produção agroecológica e agroflorestal como suas principais atividades econômicas.

É normal verificar que tais povos sofrem com a baixa agregação e captura de valor dentro das cadeias produtivas em que estão inseridos, devido às limitações de seu próprio território e do seu desenvolvimento como organização.

Sendo assim, negócios comunitários são aqueles oriundos de tais territórios, que tem como característica marcante a cooperação e associação de diferentes produtores para obter sinergias que permitam uma melhor inserção no mercado.

É comum apresentarem-se sob as formas de Cooperativas e Associações de Produtores.

O Desafio Conexsus

Com o desafio de desenvolver empreendimentos comunitários mais estruturados e rentáveis, com cadeias produtivas justas e sustentáveis, a Conexsus executa o Desafio Conexsus.

O Desafio, que tem abrangência nacional, tem como objetivo desenvolver, no período de um ano, soluções para ampliar o acesso a mercados, a crédito e a outros instrumentos financeiros adequados a este perfil de negócios.


O perfil é de organizações e negócios comunitários que atuam em todo território brasileiro, nas cadeias da alimentação saudável e sustentável, cadeias agroflorestais sustentáveis, cadeias da sociobiodiversidade, do extrativismo, da pesca artesanal sustentável e do manejo florestal comunitário – com busca mais ativa na Amazônia e nas áreas protegidas de uso sustentável.


Dimensões Analisadas na Metodologia de avaliação das Organizações

A partir desta análise foram elaboradas 4 frentes de desenvolvimento:

1) Jornada de Aceleração,
2) Oficina de Modelagem,
3) Laboratório de Comercialização e
4) Laboratório de Crédito e Soluções Financeiras.

Resultados Parciais do Desafio Conexsus

A partir da metodologia de análise criada pela Semente Negócios é possível mapear mais de 1000 organizações de base comunitária sustentável pelo Brasil.

O mapeamento permite a análise de dimensões como faturamento, composição social, mercado de atuação além de recortes por geolocalização e bioma. Você pode conferir estes resultados aqui.

Mapa Interativo das Organizações participantes do Desafio Conexsus

Conheça algumas organizações participantes:

ASPROC – Carro-chefe: Manejo sustentável do Pirarucu; Carauari, AM.

CAMPONESA – Carro-chefe: Produção de café 100% Orgânico; Campo do Meio, MG.

COOMFLONA – Carro-chefe: Toras de manejo Sustentável da Floresta dos Tapajós; Belterra, PA.

Quer saber mais? Confira o vídeo da Primeira Jornada de Aceleração:

Vamos construir impacto socioambiental de verdade? Nos acompanhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);