homem apontando para um quadro com post its em alusão ao processo de encontrar a proposta de valor da startup
Impacto,  Startup

Sua proposta de valor é atraente e convincente?

Ao longo das consultorias especializadas que realizei e das mentorias a startups vinculadas a algum programa que a Semente executa, vejo uma certa dificuldade por parte dos empreendedores em conseguir definir com certa precisão, qual a proposta de valor de sua startup

Inicialmente parece uma simples pergunta: Qual sua proposta de valor? Contudo, uma vez feita a pergunta, nem sempre a resposta é tão simples quanto parece. 

Desta forma, o objetivo deste artigo é trazer um racional para ajudar empreendedor@s e melhor modelar suas propostas de valor, e como comunicá-la de forma atraente a seu público. 

Proposta de valor: a jornada de uma ideia

Posso dizer que estabelecer uma proposta de valor substantiva é fundamental, uma vez que se deseja iniciar a jornada de uma “ideia” para para construção de uma startup.

Resumidamente, uma proposta de valor é uma declaração de posicionamento que explica que benefício você oferece e como você faz de maneira única.

Nela aparece seu público alvo, o problema que sua startup resolve e por que seu negócio é a melhor alternativa.

Mas, para criar uma proposta de valor atraente, é importante considerar os seguintes critérios: Definir; Avaliar; Medir e Construir.

Definir o problema para ajudar a verificar se é um que vale a pena resolver. Um problema bem declarado é um problema meio resolvido! 

Aqui muitos startupeir@s cometem o erro de mergulhar de cabeça na solução antes de realmente entender o problema que estão querendo resolver.

Até já falei em outro post como fazer o Problem Solution Fit.

Sendo assim, para ajudar você a melhor definir seu problema, vou deixar 4 perguntas.

Se você conseguir responder essas 4 perguntas de forma afirmativa, é um indício de que está na direção certa da construção de uma proposta de valor atraente e convincente. Caso contrário… explore melhor o problema que pretende resolver.

  • O problema é impraticável?
  • A correção do problema é inevitável? 
  • O problema é urgente?
  • Já existe solução ao problema?

Depois de determinar o problema que está resolvendo e validar sua criticidade, vale avaliar se a sua inovação é única e atraente. Para isso, faça a pergunta: O que é único e atraente na minha inovação? E o que a torna realmente atraente – não apenas para você e seus sócios, mas para o seu cliente mais cético. 

  • Pense se sua inovação oferece benefícios transformadores frente a um status quo, analisando o problema de maneira diferente.
  • Pense se sua inovação oferece propriedade intelectual que pode ser protegida para criar uma barreira de entrada e assim trazer uma vantagem competitiva injusta.
  • Pense se sua inovação proporciona recompensas de valor e custo que ajudam a impulsionar o crescimento de negócios.

Simplesmente ter um produto mais rápido, mais barato e melhor não é o suficiente para torná-lo atraente a grande massa de pessoas. 

Reflita!

A Muitas startups estão tão concentradas nos recursos que entregam que esquecem de examinar o quanto será difícil para os clientes aprenderem a usar seu produto. Portanto, a relação ganho/dor envolve medir o ganho que você entrega ao cliente versus a dor e o custo que ele adota. 

Simplificando: a inovação disruptiva seria idealmente não disruptiva para ser adotada? 

Por fim, depois de passar por todos os pontos, definir, avaliar e medir, basta agora construir sua proposta de valor, de forma a atender todos esses ponto, sem deixar de ser sucinta e de fácil compreensão.

Proposta Única de Valor

Após ter mergulhado no problema, respondido todas as perguntas e passado pelos pontos, fica mais fácil registrar sua proposta valor.

Para atrair as suas personas, é fundamental ter uma proposta de valor clara, simples e bem comunicada. Para isso existe a ferramenta Unique Value Proposition ou Proposta Única de Valor.

A proposta única de valor sintetiza da forma mais clara e sucinta o que o seu negócio ou produto é ou oferece.

Antes de escrever duas dicas:

  • Deixa claro a diferença entre os concorrentes e porque você é melhor.
  • Evite exageros, como “nunca antes visto”, “produto incrível”, ou superlativos como “o melhor…”.

Há duas formas para registrar sua proposta única de valor:

Para ______ (público-alvo) que _______ (declaração da necessidade ou oportunidade) nosso _______ (produto/serviço) é ______ (categoria) que ___ (declaração do benefício).

Ex: Para profissionais de marketing não técnicos que buscam encontrar retorno sobre investimento em social media nosso produto é um software de analytics que transforma métricas de engajamento em métricas de receita.

2. Nós ajudamos _____ (público-alvo) a ______ (resultado esperado) _____ (declaração de benefício).

Ex: Nós ajudamos profissionais de marketing não técnicos a encontrar retorno sobre investimento em social media transformando métricas de engajamento em métricas de receita. 

Pronto! Tendo você feito isso, é sucesso na certa.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

);