• Opinião

    Crescer não é tudo

    Especialistas que defendem o empreendedorismo como um caminho para o desenvolvimento partem de uma premissa questionável: é preciso construir empresas bilionárias que gerarão muito emprego e renda, servindo também de modelo para novos empreendedores que repetirão esse ciclo. É verdade que, em um mundo onde o acesso ao conhecimento e aos meios de produção era extremamente escasso, essa tese fazia sentido. Com a tecnologia digital e a biotecnologia acessíveis, não precisamos mais de níveis gigantescos de escala para ter um papel transformador na sociedade.